Search
Jueves 27 Abril 2017
  • :
  • :

“Nenhum lugar do mundo, uma praça ou parque divide dois países… precisa eu comentar algo? a foto fala se por si…”

“Nenhum lugar do mundo, uma praça ou parque divide dois países… precisa eu comentar algo? a foto fala se por si…”

RIVERACIDAD. El 26 de febrero de 2016, habrá una cruzada iniciada desde la vecina ciudad de Livramento (Brasil), que reza lo siguiente:

S.O.S – En defensa del Parque Internacional
viernes, 26 de febrero de las 19:00
Parque Internacional en Livramento, Río Grande do Sul, Brasil
Interesa Te.
La Plaza Internacional fue creada como un símbolo de la paz universal, cuando el mundo estaba en guerra, siendo inaugurado el 26 de febrero de 1943.

Sobre la base de los preceptos la libertad, la igualdad y fraternidad, este símbolo de la integración nuestra frontera, en el mes de su cumpleaños, se ve amenazada.

Por lo tanto invitamos a la comunidad fronteriza hasta el día de su cumpleaños 73 años de edad, situada en el corazón de la Estatua de la madre para compartir Ideas, impresiones, comentarios sobre la urgencia de preservar el mayor símbolo de la identidad los habitantes de la frontera.

Invitamos a todos aquellos que tienen recuerdos que recuerdan con cariño este parque / plaza, para llevar a sus niños, sus familias, sus historias para compartir el día de hoy. Ya Nuestro parque, en las vías de modificación, puede desaparecer como lo conocemos.
Vamos a llevar esta herencia!

A Praça Internacional foi criada como símbolo da Paz Universal, quando o mundo se encontrava em Guerra, sendo inaugurada em 26 de fevereiro de 1943.

Baseada nos preceitos de liberdade, igualdade e fraternidade, este símbolo de integração da nossa fronteira, em seu mês de aniversário, encontra-se AMEAÇADO.

Dessa forma, convidamos a comunidade fronteiriça para no dia de seu aniversário de 73 anos, encontrar-se, no seu coração junto a Estátua da Mãe, para compartilharideias, impressões, opiniões, sobre a URGÊNCIA de se preservar o maior símbolo de identidade do povo fronteiriço.

Convidamos todos aqueles que tem memórias, que lembram carinhosamente desse Parque/Praça, que tragam seus filhos, familias, suas histórias para compartilhar neste dia,já que nosso Parque, em vias de modificação, pode desaparecer da forma que conhecemos.

Vamos resgatar esse patrimônio!

“El tratado binacional de creación del Parque Internacional estableció claramente que no son permitidas construcciones en el mismo”

ENTREVISTA A MARTA PUJOL/ FABY TREVY y EDUARDO MERICA PARA DIARIO URUGUAI

-Ustedes, consideran que se está degradando el Parque Internacional?
-Sim consideramos porque ele é um Patrimonio Histórico e Cultural de nossa fronteira, mas a sua simbologia vai muito além disso!

-Lo que está pasando es de común acuerdo entre el Intendente de Rivera y el Prefeito de Livramento?
-Eduardo, não temos essa informação.

-Qué tipo de información tienen para advertir que es una AMENAZA lo que pasará con el Parque?
-O que foi dito pela midia é que esse centro de atendimento ao turista está sendo patrocinado pela intendencia de Rivera recurso advindo do BID. Documentação, fotos entre outros materias.

-Ustedes, poseen esa información entonces?
– Sim, temos.

-La tala de árboles que publicamos en DIARIO URUGUAY, ya es un ataque a la ecología que posee el Parque?
– Acreditamos que sim.

-Qué otros peligros se avecinan en los próximos días que no veremos más en el Parque?
– Já foram retiradas pedras pet pave históricas da construção de 1943. Também foram retirados os canteiros e árvores que não saberia te dizer que idade tem,mas acreditamos que podem ser da época que o parque foi construido.

-No hay ningún entendido o historiador serio y responsable que haya pegado el grito en el cielo. Por qué? O sí lo habrá?
-Na verdade a obra para nós cidadãos nos pegou de surpresa. Muitos ainda não sabem o que está ocorrendo! E muito pensam que é uma obra para restaurar o Parque. Por isso criamos um Evento: SOS EM DEFESA DO PARQUE INTERNACIONAL

–El Parque está declarado PATRIMONIO?
-Em 2012 foi assinado um Protocolo de Intenções entre o Intendente de Rivera e o Prefeito de Livramento para tombar o Parque junto ao Mercosul. Em todo caso no nosso Plano Diretor de Livramento ele consta como Patrimonio Cultural

-Muy interesante, lo que nos venimos a enterar… Qué pretenden ustedes, que pase el día 26 en curso?
-No dia 26 de fevereiro estaremos as 19h dando um abraço no parque além de pedindo a todos que tem memórias junto ao parque que as tragam a Praça/Parque estará fazendo 73 anos.

-No harán un comunicado escrito o un llamado a las dos poblaciones para que hagamos algo al respecto?
-Estamos fazendo via face…

-Han tenido buena recepción de la prensa de Rivera y Livramento. O le han cerrado las puertas para no difundir esta noticia.
-Por enquanto nenhum meio de comunicação, salvo tu , entrou em contato conosco.

-Esta cruzada está organizada por ti y por Fabi Duarte o por alguna organización?
-Não somos cidadãos preocupados com a destruição que vimos e que nos chocou muito!. A professora Fabiane Duarte é a organizadora do evento

-Es profesora, de dónde?
-Em Livramento. Um abraço a todos! Manteremos voces sabedores do que está ocorrendo!

-Muy bien…
-Esperamos voces no dia 26 as 19h para abraçar o Parque Internacional já que ele é um Patrimonio de todos os uruguaios e todos os brasileiros simbolo de integração e paz.

-Así será

Nenhum lugar do mundo, uma praça ou parque divide dois países… precisa eu comentar algo ? a foto fala se por si……

“Hoje estivemos no Ministério Público Estadual, junto a Promotoria de Justiça Especializada, levando a situação sobre a Praça Internacional.
Mesmo já nas mãos do MPE e do MPF acreditamos que as manifestações e mobilizações da comunidade devem continuar, por isso, como sugerido pela Liane e pelo Paulo, no dia do aniversário do Parque/Praça, vamos abraça-lo.
Também estaremos colhendo depoimentos e memórias, para a realização de um vídeo. Tragam fotos da Praça/Parque também…
Tragam sugestões também de ações para o dia do aniversário!!!
Vamos comemorar o aniversário do Parque/Praça manifestando o que esse Patrimônio significa para nós, cidadãos da Fronteira!”

“A cultura não pode em última instância, ser reduzida à posição subsidiária de mera promotora (ou freio) do crescimento econômico. O papel da cultura não se esgota no de servir a certas finalidades constitui, de forma mais ampla, o fundamento social das próprias finalidades. O desenvolvimento e a economia são, pois, aspectos da cultura de um povo.”
UNESCO. Nossa Diversidade Criadora.1997, p. 21 e 22

“Vamos abraçar o Parque/Praça no dia de seu aniversário, pessoal vamos juntos tomar conta do nosso espaço de lazer. Vamos revitalizar e humanizar o lugar sem desfigurar mais ainda nosso cartão postal!
Venha nessa luta! compartilhem. (juntos seremos fortes)”

“Este Parque tem vida.
Este Parque assistiu ao final do Estado Novo e a volta da legalidade democrática, este Parque viveu o suicídio de Getúlio e a comoção popular, este Parque presenciou a chacina dos militantes comunistas, este Parque assistiu ao comício de Prestes.
Este Parque abrigou os fugitivos do arbítrio de 1964, este Parque abrigou também os espiões internacionais, este Parque guiou os uruguaios na diáspora pós 1973, este Parque viveu a infância e a maturidade de milhares de cidadãos da fronteira.
Portanto, este Parque pede respeito com sua condição de Patrimônio Histórico e Cultural desta comunidade. Há de se entender que o grande “atrativo” é o Parque em si, e toda a linha de fronteira, do Fortim e além Niederauer… É isto que os “turistas” querem vivenciar, o Parque em seu espaço generoso, em seus centímetros de beleza e glória.
Há de se entender a importância de uma linha de fronteira revitalizada, humanizada, e não depredada e mal compreendida em toda a sua extensão de beleza e relevância histórica.”

Quer dizer que o Parque tem dono e é só se arvorar a destruir o patrimônio histórico que nada acontece? O Ministério Público precisa se manifestar com URGÊNCIA.

Pessoal!
Com base nos documentos que pesquisamos da história da Praça Internacional, com base no apreço e carinho que temos por esse Patrimônio de Identidade Fronteiriça, com base na preservação e resgate do nosso Parque, entramos hoje, dia 10 de fevereiro de 2016, com uma Manifestação no Ministério Público Federal solicitando providências para investigação, promoção e preservação da Praça/Parque Internacional.
Entendemos que essa é uma ação aberta e que deve ser de conhecimento de toda a comunidade, visto que o Parque é de todos.
Dessa forma, deixamos para vocês o número da Manifestação: 20160008701
Vamos torcer para que a justiça não falhe!



Eduardo Mérica, periodista uruguayo desde 1979. Integrante de las redacciones de La República, Estediario, El Deportivo Sport Magazine y Marca. Tuvo pasajes por radio CX 32 Radiomundo "Contacto Deportivo" y CX 38 Sodre. Redactor creativo del programa Vida Sana (Canal 5 Sodre), Jornalista en A PLATEIA Livramento, Brasil. Sub Editor de ACAURUGUAY.COM y Editor de www.diariouruguay.com.uy y www.futboluruguayo.uy. Es miembro de AER y presidente de la filial APU (Asociación de la Prensa Uruguaya) Rivera.


Deja un comentario